Diferenças entre edições de "Valores próprios de matrizes simétricas"

De My Solutions
Ir para: navegação, pesquisa
(Criou a página com "<div class="toccolours mw-collapsible mw-collapsed" style="width:420px"> '''Metadata''' <div class="mw-collapsible-content"> *CONTEXTO : Primeiro ciclo universitário *AREA:...")
 
Linha 18: Linha 18:
  
 
Sabendo que \(A\) é uma matriz simétrica \(n \times  n\), selecione todas as afirmações verdadeiras:   
 
Sabendo que \(A\) é uma matriz simétrica \(n \times  n\), selecione todas as afirmações verdadeiras:   
 +
  
 
A) \(\text{A}\) pode não ser diagonalizável
 
A) \(\text{A}\) pode não ser diagonalizável
Linha 28: Linha 29:
  
 
E) Nenhuma das anteriores
 
E) Nenhuma das anteriores
 +
  
 
Para obter o zip que contém as instâncias deste exercício clique aqui[https://drive.tecnico.ulisboa.pt/download/851498741283684/instanciasVecPropComParam.zip]
 
Para obter o zip que contém as instâncias deste exercício clique aqui[https://drive.tecnico.ulisboa.pt/download/851498741283684/instanciasVecPropComParam.zip]
  
 
Se deseja obter o código fonte que gera os exercícios contacte miguel.dziergwa@ist.utl.pt
 
Se deseja obter o código fonte que gera os exercícios contacte miguel.dziergwa@ist.utl.pt

Revisão das 11h07min de 20 de janeiro de 2017

Metadata

  • CONTEXTO : Primeiro ciclo universitário
  • AREA: Matemática
  • DISCIPLINA: Álgebra Linear
  • ANO: 1
  • LINGUA: pt
  • AUTOR: Ana Moura Santos e Miguel Dziergwa
  • MATERIA PRINCIPAL: Valores e vetores próprios
  • DESCRICAO: valores próprios de matrizes simétricas
  • DIFICULDADE: **
  • TEMPO MEDIO DE RESOLUCAO: 15 mn
  • TEMPO MAXIMO DE RESOLUCAO: 20 mn
  • PALAVRAS CHAVE: vetores próprios, valores próprios

Sabendo que \(A\) é uma matriz simétrica \(n \times n\), selecione todas as afirmações verdadeiras:


A) \(\text{A}\) pode não ser diagonalizável

B) \(\text{A}\) é uma matriz de projeção sse os seus valores próprios são -1,0 e 1

C) Existe sempre uma base ortogonal de vetores próprios de \(\text{A}\) que é uma base para \(\mathbb{R}^n\)

D) \(\text{A}\) é uma matriz singular se pelo menos um dos seus valores próprios é 0

E) Nenhuma das anteriores


Para obter o zip que contém as instâncias deste exercício clique aqui[1]

Se deseja obter o código fonte que gera os exercícios contacte miguel.dziergwa@ist.utl.pt