Em Reposição – Charlie Chaplin

Duas das maiores obras-primas de Charlie Chaplin estarão em exibição nas manhãs do Cinema Ideal no decorrer desta semana, em cópias restauradas.

O primeiro filme é The Kid (O Garoto de Charlot), a primeira longa-metragem (estávamos em 1921) do cineasta onde o eterno Vagabundo (Charlie Chaplin) encontra um rapaz abandonado na rua (Jack Coogan), decidindo educá-lo como seu filho. Refletindo os habituais temas da pobreza, abandono e a inconformidade do indivíduo num mundo desonesto, num estilo pedestre e comovente tão caraterístico do realizador, esta obra, com pouco mais de cinquenta minutos, é, ainda hoje, considerada um dos maiores filmes da sétima arte e um dos mais notáveis exemplos da comédia dramática. Ou, como é dito nos créditos iniciais: “Um filme com um sorriso e talvez uma lágrima”.

A segunda película é talvez a sua mais célebre, The Gold Rush (A Quimera do Ouro) retrata Charlot na busca febril de ouro, passando por frio, fome e solidão. Repleto de gags e com alguns efeitos especiais revolucionários para a época, Chaplin afirmou que este era o filme pelo qual quereria ser recordado, contendo mesmo algumas das cenas mais icónicas da história do cinema: Charlot a comer o seu próprio sapato e a metamorfosear-se numa galinha aos olhos do companheiro da cabana ou a dança dos pãezinhos.

Mais informações em: http://www.cinemaideal.pt/

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

You can add images to your comment by clicking here.