Estreias: 21/Maio/2015

Esta é uma boa semana para estrear filmes. Sabem porquê? Porque mesmo que não estreie nada que queiram ver, podem sempre voltar a revisitar o Mad Max! Por falar nisso, já arranjava tempo para escrever a minha crítica… Adiante. Estreias da semana.

 

“Respira”

Mas não demasiado! Um estudo recente provou que 100% das pessoas que respiram com regularidade morrem!

Charlie é uma rapariga introvertida e pouco populuar. Mas tudo isso muda quando se apaixona por Sarah. Mas, mas tudo isso muda, outra vez, quando Sarah a deixa sem lhe dar um cavaco.
Isto leva Charlie a fazer o que toda a gente faz em situações semelhantes: entrar numa espiral de ódio e vingança. Uma vez passei ao lado de uma dessas espirais na rua.

 

“Astérix: O Domínio dos Deuses”

Os Romanos, aqueles doidos, têm um novo plano: em vez de conquistarem a temida aldeia gaulesa, vão construir um condomínio de luxo mesmo às suas portas, na esperança de que os Gauleses finalmente aceitem a Pax Romana.
Como seria de esperar, Astérix e Obélix e Ideafix não estão para aí virados.

É um filme de animação (3D) e baseado na BD de 1971. Espero que seja giro.

 

“National Gallery”

Documentário sobre a National Gallery.

 

“O Grande Museu”

Documentário sobre o Kunsthistorisches Museum.

 

“Na Cave”

Documentário sobre o que é que os Austríacos fazem nas suas caves, longe de olhares curiosos.
Não estou a gozar.

 

“Pássaro Branco”

Era uma vez uma jovem de 17 anos que vivia com uma mãe distante e opressiva.
Um dia a mãe desaparece sem motivo e a filha pensa: ‘Fixe!’
A jovem passou a viver feliz até ao dia em que, quando voltava da escola, descobre o porquê das coisas.

Não sei se é bom, mas tem a Eva Green :3

 

“O Rapto de Freddy Heineken”

5 amigos montam um plano para raptar o magnata das cervejas e obter um resgate.
Tudo corre bem até que não.

Aparentemente, é baseado em factos verídicos.

 

“A Última Carta de Galípoli”

A história de um piloto otomano, também um pai viúvo, que defendeu um grupo de assistência médica, uma jovem e bela enfermeira e um órfão dos cruéis e impiedosos ataques das forças britânicas.

 

“Um Ritmo Perfeito 2″

Anna Kendrick… *suspiro lânguido*
Este filme parece-me ser cinquenta tons de horrível, mas a culpa não é tua.
Tu és perfeita <3

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

You can add images to your comment by clicking here.